Análise da influência do comprimento de ancoragem da armadura do pilar no bloco sobre duas estacas

Ricardo de Paula Randi, Luiz Carlos de Almeida, Leandro Mouta Trautwein, Fabiana Stripari Munhoz

Abstract


Este artigo analisa parametricamente a influência do comprimento da armadura de ancoragem do pilar em um bloco de concreto sobre duas estacas, submetido à compressão uniforme. A análise numérica não linear é realizada com o emprego dos elementos finitos bidimensionais do programa computacional ATENA 2D, considerando aderência perfeita entre aço e concreto. A simulação é baseada em um modelo experimental de referência, oriundo da pesquisa de Munhoz [1], utilizado como parâmetro para validar a modelagem numérica. A partir do modelo validado, adotaram-se quatro comprimentos diferentes de ancoragem das armaduras do pilar, sendo 34,0 cm, 20,0 cm, 10,0 cm e 3,0 cm, a fim de comparar o comportamento dos blocos após essas alterações. As simulações dos blocos apresentaram comportamentos semelhantes, ou seja, o comprimento das armaduras de ancoragem dos pilares não é um fator preponderante para os mecanismos de funcionamento interno desses elementos.



Please click here to visualize the most recent issue