AVALIAÇÃO DO DANO MECÂNICO EM CONCRETO SUBMETIDO À COMPRESSÃO UNIAXIAL E À TRAÇÃO POR COMPRESSÃO DIAMETRAL COM ONDAS ULTRASSÔNICAS LONGITUDINAIS E TRANSVERSAIS

  • Andreza Vera Pyrrho de Araújo Universidade Católica de Pernambuco
  • Fernando Artur Nogueira Universidade Católica de Pernambuco
  • Carnot Leal Nogueira Universidade Federal de Pernambuco
  • Juliane Apolinário da Silva Universidade Católica de Pernambuco

Abstract

O trabalho discute o padrão de comportamento de ondas ultrassônicas longitudinais (compression waves) e transversais (shear waves) em concretos de variadas resistências submetidos a compressão axial e diametral. Foram ensaiados 40 corpos de prova confeccionados de concretos com variadas resistências a compressão. Os corpos de provas foram submetidos ao ensaio de compressão simples e tração por compressão diametral em máquina servo-controlada e, durante os ensaios, foram realizadas leituras de ondas de ultrassom longitudinais e transversais. Os resultados obtidos mostram que há alterações na velocidade de propagação de ondas, longitudinais e transversais, com o incremento do nível de tensão que é aplicado ao corpo de prova. Adicionalmente, foi possível observar que esta alteração de velocidade ultrassônica ocorre para nível de tensão próximo à tensão de ruptura. Os resultados obtidos indicam que ondas ultrassônicas longitudinais ou transversais podem ser aplicadas na avaliação do dano difuso (microfissuração na compressão uniaxial) ou dano concentrado (rachadura de tensão na compressão diametral) impostas ao concreto mecanicamente (através da aplicação de cargas).
Published
Nov 23, 2018
How to Cite
PYRRHO DE ARAÚJO, Andreza Vera et al. AVALIAÇÃO DO DANO MECÂNICO EM CONCRETO SUBMETIDO À COMPRESSÃO UNIAXIAL E À TRAÇÃO POR COMPRESSÃO DIAMETRAL COM ONDAS ULTRASSÔNICAS LONGITUDINAIS E TRANSVERSAIS. RIEM - IBRACON Structures and Materials Journal, [S.l.], v. 11, n. 6, nov. 2018. ISSN 1983-4195. Available at: <http://revistas.ibracon.org.br/index.php/riem/article/view/1169>. Date accessed: 26 apr. 2019.
Section
Artigos