Traçado do diagrama tensão-deformação específica: Análise da Metodologia da Norma 8522 (ABNT, 2008)

Daniele Artini Gujel, Claudio de Souza Kazmierczak, João Ricardo Masuero

Abstract


Este trabalho apresenta uma análise crítica da metodologia descrita no Anexo “A” (item A.4) da Norma 8522 [1] para a determinação do traçado do diagrama tensão-deformação específica em corpos-de-prova cilíndricos de concreto. A metodologia especificada na norma apresenta restrições metodológicas que geram distorções no traçado do diagrama tensão-deformação, tais como a determinação do comportamento tensão-deformação do concreto a partir de número muito limitado de pontos e a inclusão, no comportamento elástico do material, de fenômenos diferidos como microfissuração e fluência ocorridos durante os patamares de estabilização de carga. A tensão básica de 0,5 MPa, especificada para garantir a estabilização da carga, é inadequada para grande parte das prensas automatizadas modernas, projetadas para o ensaio de concretos de alta resistência. São discutidos alguns aspectos da Norma e propostas alterações metodológicas.



Please click here to visualize the most recent issue