Caracterização de corpos de prova de tamanho reduzido desenvolvidos para ensaios de microtomografia de raios X (µ-CT)

Elen Elisabete Bernardes, Aldo Giuntini de Magalhães, Wander Luiz Vasconcelos, Edgar Vladimiro Mantilla Carrasco, Eduardo Henrique Martins Nunes, Luciana Barreto de Lima

Abstract


A necessidade de se utilizar amostras de tamanho reduzido, para a obtenção de uma melhor resolução espacial nos ensaios de microtomografia de raios X (µ-CT) em compósitos de cimento Portland, leva os pesquisadores a realizar o fracionamento do material para a obtenção de amostras com dimensões compatíveis com a capacidade de leitura do equipamento, o que pode ocasionar alterações da microestrutura em análise. Assim, foi desenvolvido um corpo de prova com dimensões compatíveis com a capacidade de leitura de um microtomógrafo com tubo de raios X que opera dentro de um intervalo de tensão de 20 a 100 kV. Foram realizados testes de resistência à compressão axial e avaliação da sua porosidade total por meio da relação entre a densidade aparente e a densidade da fração sólida, obtidas respectivamente pelas técnicas de picnometria de mercúrio e hélio, e pela técnica de µ-CT.



Please click here to visualize the most recent issue