Microestrutura do concreto submetido a altas temperaturas: alterações físico-químicas e técnicas de análise

Bernardo Fonseca Tutikian, Bruno Fernandes, Augusto Gil, Fabrício Bolina

Abstract


A exposição às altas temperaturas, como as de um incêndio, promove alterações físicas e químicas no concreto, provocando deterioração das propriedades mecânicas das estruturas, fissuração e desplacamento. O presente trabalho consiste em uma revisão das alterações microestruturais que incidem no concreto submetido a altas temperaturas. As transformações desenvolvidas na pasta de cimento hidratada, nos agregados e na zona de transição foram estudadas, bem como as técnicas experimentais de microanálise utilizadas em recentes pesquisas desenvolvidas na área. Verifica-se que as alterações da microestrutura estão relacionadas com as características constitutivas do concreto e com processo do aquecimento. Constata-se a potencialidade das técnicas microestruturais na inspeção e recuperação de estruturas incendiadas, entretanto verifica-se a necessidade de combinação de técnicas e o estabelecimento de métodos padronizados.



Please click here to visualize the most recent issue